fbpx

5 truques inteligentes para diminuir a conta de luz em até 35%

As vezes diminuir a conta de luz parece difícil, mas saiba que seguindo essas dicas tenho certeza que você vai conseguir reduzir a sua conta de luz.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Diminuir a conta de luz

Quando o assunto é diminuir a conta de luz, sempre ouvimos a mesma coisa. Economize. Mas como economizar de verdade e realmente diminuir sua conta de luz em até 35%. Veja a seguir. 

Um estudo recente divulgado pelo Banco Mundial mostrou que 13% da população mundial não tem acesso à energia elétrica. No Brasil, cerca de 1 milhão de pessoas se encontram nessa situação. Esse mesmo estudo ainda mostrou que pagamos no Brasil a 37º conta mais cara do mundo em um ranking com 110 países. 

Estamos pagando mais caro pela energia elétrica do que pessoas em países como Argentina, China, Índia, Estados Unidos e grande parte dos países desenvolvidos. Devido a esses pontos temos sempre que ficar atentos a quanto estamos gastando de energia elétrica e sempre procurar formas de diminuir a conta de luz sem prejudicar nossa qualidade de vida.

Confira essas 5 dicas de ouro para diminuir a conta de luz

1) Aprenda a Medir o seu consumo 

O primeiro passo é você ter o controle do seu consumo de energia. Muitas pessoas sofrem um verdadeiro baque quando chega uma conta altíssima e não sabem nem como reclamar. Por isso, tenha o controle e anote em um caderno ou em uma planilha de excel seus gastos e comece a comparar com os meses anteriores.

Mês atual: Anote a leitura atual do seu medidor e subtraia da última leitura emitida em sua conta de energia. Faça a divisão divida esse valor pela quantidade de dias restantes.

Consumo Média Diário = última leitura / quantidade de dias restantes

Se sua conta de luz aumentou bruscamente em um período de tempo curto, pode ser que o seu medidor esteja desregulado. Solicite uma verificação por parte da sua companhia fornecedora de energia elétrica. Aqui no site da ANEEL você encontra o contato de todas as distribuidoras de energia do Brasil.  

2) Troque todas suas lâmpadas por LED

Esse assunto parece ultrapassado, mas tenha calma. Tem uma dica importante aqui para você ficar bastante atento. Muitas pessoas compram lâmpadas de led sem observar a potência. Na caixa da lâmpada mostra o fator de potência. Se for entre 5 ou 50 o consumo é muito parecido com suas lâmpadas antigas. Busque pelo fator de potência entre 9,5 ou 10 que pode ser também 95 e 100. Fazendo isso você já vai começar a diminuir a conta de luz.

Veja abaixo esse infográfico mostrando o consumo que você pode atingir utilizando lâmpadas de LED.

3) Cuidado com as extensões e benjamins

Estender nossos pontos de energia traz uma facilidade imensa para nosso dia a dia. Quem nunca usou uma extensão para ligar aquele velho ferro de passar roupas? Ou colocou o modem de internet ligado na mesma tomada do computador usando um benjamin.

Calma. Você não precisa sair desconectando todos seus aparelhos, mas é importante saber que o excesso de extensões e benjamins pode aumentar o consumo e causar fragilidade na segurança da sua rede elétrica. Veja como e quando utilizar esses acessórios para facilitar a sua vida. 

Quando não usar

Apesar de super práticos, este acessórios podem ser perigosos se usados de maneira errada.

A maioria das pessoas subestimam os perigos de uma sobrecarga de energia elétrica colocando vários aparelhos em um ponto do mesmo circuito. Para evitar isso procure diminuir o número de outras tomadas ligadas no mesmo cômodo em que se encontra um benjamin com vários aparelhos ligados. 

Dica: fique de olho no calor emitido próximo a um benjamin ou extensão com vários aparelhos. Se o local estiver muito quente ao aproximar sua mão é sinal de perigo. Além de estar gastando muito mais energia, isso pode até mesmo acarretar um incêndio. 

Quando Usar

Estes acessórios são ótimos para serem utilizados em aparelhos que consomem pouca energia elétrica como um telefone fixo, um abajur ou um carregador de celular.

Evite deixar esses aparelhos ligados ao mesmo tempo por longos períodos de tempo. Se possível desligue um ou dois aparelhos no período noturno ou quando ninguém estiver no cômodo. Dessa maneira você terá mais segurança e ainda vai diminuir a conta de luz.

4) Fique atento aos cabos e disjuntores

A parte elétrica de um novo projeto de construção representa apenas de 5% a 7% do custo total da obra. Se você tem planos para construir ou reformar, fique atento à qualidade dos materiais elétricos. Uma escolha bem feita pode fazer você diminuir a conta de luz durante anos e o contrário pode causar muitos prejuízos com novas obras para trocar materiais e fios de baixa qualidade. Pense nisso. 

5) Comece a pensar em energia solar 

A Energia Solar é associada à energia fotovoltaica, tecnologia que utiliza a luz do Sol como fonte de energia para gerar eletricidade e, portanto, possui a grande vantagem de ser uma energia gratuita, renovável e limpa.Apesar do custo inicial de instalação desse tipo de energia ainda ser um pouco alto, ele diminuiu bastante ao longo dos anos e tende a baixar ainda mais com a popularização da tecnologia. 

Quer se aprofundar em energia solar para aprender como construir seus próprios painéis solares gastando muito pouco? Clique Aqui e saiba como diminuir a conta de luz em até 90%.

Dica extra) Aprofunde seu conhecimento para diminuir a conta de luz

Quer se aprofundar ainda mais e reduzir bruscamente sua conta de luz? Conheça o projeto PAGUE MENOS LUZ. e aprenda à diminuir a conta de luz de uma vez por todas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.