fbpx

Cartão BNDES: Conheça a opção para o MEI que parcela a fatura em até 48 meses

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) possui uma opção de cartão de crédito para o MEI com taxas de juros
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Fonte: Google


O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) possui uma opção de cartão de crédito para o MEI com taxas de juros de até 1,17% ao mês que possibilita ainda o parcelamento da fatura em até 48 meses. O que pode se tornar uma excelente opção para o Microempreendedor Individual que está em busca de um novo investimento para o seu negócio.

Como funciona o cartão BNDES

O cartão BNDES possui uma das taxas mais baixas de juros do mercado, se tornando uma excelente opção para as pequenas empresas que buscam um investimento de forma viável e mais barata.

Contudo o seu uso é destinado exclusivamente para gastos com despesas da empresa, seja para compras diretas ou ainda por compras indiretas (negociações, entre fornecedores por exemplo).

O vencimento do cartão é o mesmo para todos e ocorre a cada 15 dias. Seu pagamento é realizado por débito automático na conta corrente do MEI, conta esta que é a mesma informada no processo para solicitação do cartão.

Fonte: Google

Saiba como solicitar

Para solicitar o cartão BNDES é necessário que o interessado possua conta corrente em algum dos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Benestes
  • Bradesco
  • BRDE
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú
  • Santander
  • Sicoob
  • Sicred

Se você já possui o primeiro requisito agora será necessário que empreendedor acesso ao site do BNDES e clicar na opção “Solicite seu Cartão”. Em seguida preencher um formulário com os dados da sua empresa, como CNPJ e a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). Por fim você deverá selecionar o banco ao qual você possui conta corrente e queira vincular ao cartão, após isso você enviará a proposta.

Assim que o empreendedor tiver cumprido os passos anteriores o mesmo deverá comparecer a agência do banco selecionado e apresentar a seguinte documentação:

  • Atas de eleição dos administradores;
  • Balanço Patrimonial;
  • Certidão Negativa de Débito (CND);
  • Certidão de regularidade do FGTS (obtida no site do FGTS);
  • Contrato Social da Empresa.

Fique atento: Caso a documentação à cima não se faça necessária a instituição bancária que o MEI informou terá o prazo de até 30 dias para enviar o cartão de crédito para o endereço que consta no formulário de preenchimento.

Se o pedido do seu cartão for negado saiba que é possível ir em outra instituição e tentar solicitar novamente o mesmo, visto que cada banco possui suas próprias políticas para concessão de crédito.

Para finalizar temos visto alguns relatos de dificuldades e negativas dos microempreendedores que tentam solicitar o cartão, se você encontrou dificuldades deixa sua experiência à seguir para que possa ajudar novos empreendedores que estão buscando outras opções de crédito!



Fonte: Jornal Contábil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.