fbpx

Empresa de TI com atuação no setor público anuncia aquisição de startup

Com sede em Brasília, cinco escritórios no Brasil e um na Europa, a Memora Processos Inovadores, uma das principais empresas nacionais do
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Memora


Com sede em Brasília, cinco escritórios no Brasil e um na Europa, a Memora Processos Inovadores, uma das principais empresas nacionais do setor de TI com forte atuação no setor público, acaba de adquirir a ORAEX Cloud Consulting. Fundada em 2010 no Rio de Janeiro, a ORAEX tem especialização em infraestrutura tecnológica e cloud computing e uma carteira de clientes no setor privado que inclui Magalu, Getnet, Santander, Grupo Ultra, entre outros.

Os valores da transação não foram revelados, mas, a partir da negociação, a Memora estima para 2021 um faturamento global de R$ 100 milhões. Já a ORAEX vem num forte crescimento de 150% entre 2017 e o ano passado. 

Especializada em gestão de processos e transformação digital no setor público, a Memora tem contratos com os ministérios da Economia, da Saúde, da Educação e do Desenvolvimento Social, com Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, governos do Distrito Federal, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso e empresas como Itaipu Binacional, NET, Claro e Vale.

Com a aquisição, a Memora amplia participação no setor privado e avança em sua internacionalização. É que a ORAEX tem clientes e escritórios nos EUA e está prestes a assinar um contrato na Austrália. Ainda para este ano, estão na mira contratos na Argentina e no México. 

“Além de uma carteira sólida de clientes e do crescimento exponencial nos últimos anos, vimos no modelo de negócios da ORAEX um grande atrativo para a negociação. A especialidade da empresa em cloud computing possibilita almejar a conquista de novos clientes, inclusive no mercado internacional”, explica o fundador e CEO da Memora, Jeovani Salomão. 

Na negociação de aquisição, os sócios da ORAEX passam a integrar o quadro de acionistas da Memora, fortalecendo a empresa com suas expertises. “A operação de M&A por parte da Memora traz inúmeros benefícios para ambas as empresas, mas falando em específico da ORAEX, teremos uma grande adição de valor em vários aspectos de nossa operação. É possível dizer que em curto prazo já teremos grandes impactos em nossa projeção de crescimento e nas ofertas que podemos levar ao mercado, e principalmente, melhorar ainda mais o nosso posicionamento junto aos clientes que já estão conosco”, comemora Athos João, diretor da ORAEX.

“Não vamos interferir na gestão da ORAEX que vem sendo muito bem conduzida, vide o crescimento exponencial nos últimos anos. Queremos, sim, abrir contatos e contratos novos. Vamos proporcionar a robustez necessária para grandes negócios”, complementa Jeovani Salomão. Ele conta que todo o processo de M&A durou apenas um mês e cinco dias, já que as empresas já faziam negócios entre elas.  

O plano de expansão da Memora para os próximos meses é ambicioso. Além da presente negociação, o grupo está avaliando parcerias estratégicas com outras empresas, particularmente nas áreas de: Gamificação, BlockChain, Big Data e Inteligência Artificial. Inclusive, de acordo com Jeovani Salomão, no mundo das Fintechs por meio de uma associação com startup do setor.

No ano passado, em plena pandemia, a Memora ampliou sua área de atuação investindo fora do setor de Tecnologia da Informação. Em parceria com a MultSaúde, criou o Memora Vida, plano de benefícios que incluem desde descontos em uma rede de mais de 20.000 conveniados, com médicos, clínicas, laboratórios, farmácias e outros estabelecimentos na área de saúde, até seguros e um plano odontológico completo.  



Fonte: Startupi

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.