fbpx

Estudo mostra que as dívidas do cartão de crédito estão aumentando na pandemia.

Embora levará anos até sabermos todo o impacto econômico e social do COVID-19, estamos começando a aprender coisas novas ao longo do ano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
dividas-cartao-credito

Já sabemos que a maioria dos jovens adultos teve interrupções no trabalho conforme mostraram algumas pesquisas recentes e agora de acordo com pesquisa do site americano CreditCards.com, descobriu-se que a dívida do cartão de crédito também está aumentando.

Dívida dos americanos em meio ao Coronavírus

Dívida dos americanos em meio ao Coronavírus No geral, os resultados da pesquisa da CreditCards.com sobre dívida foram bastante desanimadores. Eles descobriram que 47% dos americanos têm dívidas de cartão de crédito e que isso representa um aumento de 43% em relação a março. Daqueles com dívidas existentes, um quarto disse que aumentaram. Entre as gerações, os Millennials enfrentaram os desafios mais difíceis com dívidas. Aproximadamente um em cada três Millennials disse que está mais endividado do que antes da pandemia.

Infelizmente, essa estatística não é nenhuma surpresa, considerando a quantidade de pessoas que ficaram sem empregou ou renda durante a pandemia. Para efeito de comparação, apenas 15% dos baby boomers contraíram dívidas adicionais. Além disso, cerca de metade dos americanos com dívidas no cartão de crédito disseram que se sentiram estressados ​​com isso. Isso inclui a maioria dos Millennials, pais e famílias de baixa renda. A dívida do cartão de crédito não está apenas afetando nosso bolso, mas também está prejudicando muito a nossa saúde mental.

Como lidar com dívidas de cartão de crédito?

A dívida de cada um é muito diferente e não existe uma resposta geral para resolver a de todas as pessoas. A melhor coisa a fazer é estudar métodos e traçar planos para diminuir a sua dívida e a educação financeira é apenas uma parte da resposta.

Durante a pandemia, superar a dívida é mais difícil do que o normal. Se você ainda está desempregado, não vai melhorar até que a situação geral comece a mudar. Ainda assim, existem outras táticas que você pode tentar obter para obter alívio da dívida relacionada ao COVID-19. Você pode entrar em contato com o seu gerente e negociar uma taxa de juros mais baixa ou entrar em um programa de dificuldades financeiras.

Alguns credores podem até permitir que você ignore ou atrase pagamentos sem prejudicar sua pontuação de crédito. Muitos bancos e instituições de crédito têm prestado ajuda para as dívidas contraídas durante a pandemia, portanto, há maneiras de obter ajuda.

Conclusão

A dívida do cartão de crédito crescendo no Brasil, e essa tendência provavelmente continuará até o fim da pandemia, mas você têm algumas opções e pode encontrar algumas cartas na manga, mas muitas pessoas não conseguirão fazer isso sem uma maior recuperação econômica. Com isso em mente, é sempre uma boa ideia manter-se atualizado com as últimas notícias sobre estímulos, no caso de receber benefícios adicionais de desemprego.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.