fbpx

Meu aluguel está atrasado, quando posso ser despejado?

Pois é! Essa é uma dúvida comum de muitos inquilinos (os locatários), porque acreditam que o dono só pode entrar com a ação depois de 60 dias
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Meu aluguel está atrasado, quando posso ser despejado?


Pois é! Essa é uma dúvida comum de muitos inquilinos (os locatários), porque acreditam que o dono só pode entrar com a ação depois de 60, 90 ou 120 dias após o atraso do aluguel.

Vários fatores podem contribuir para que o cidadão acabe atrasando o pagamento do aluguel, saiba que isso não é motivo de vergonha, isso é mais normal do que se imagina e pelo menos a grande maioria que acaba atrasando o pagamento se depara com situações adversas da vida que acabam comprometendo sua renda.

Contudo muitos locatários acreditam que o dono do imóvel só poderá entrar com ação após ao menos 60 dias de atraso do aluguel, o que não é bem assim e se você não sabia, o proprietário do imóvel pode processar já no próximo dia, mas calma, é extremamente raro que isso aconteça, até porque o processo judicial é algo um pouco complexo, caro e que pode dar muito trabalho.

Estou com o aluguel atrasado: quando posso ser despejado?

O dono do imóvel pode entrar com processo de despejo no dia seguinte ao atraso do aluguel. É isso mesmo, após 1 dia da falta de pagamento você já pode ser processado pelo proprietário.

Porém, o despejo não tem uma data certa para acontecer, até porque a Justiça é demorada para resolver os processos.

Agora, caso os atrasos sejam frequentes, é comum que o proprietário do imóvel fique cansado dessa situação e entre com a ação no dia seguinte do atraso do aluguel apenas para tirar você do imóvel.

Lembrando que além de pagar o valor do aluguel, o atraso das outras despesas, por exemplo, a água, luz, gás e condomínios, também podem ser motivos para a ação de despejo.

No entanto, se você tem problemas em relação ao imóvel e, por isso, causou o atraso do aluguel, recomendo que fale com um advogado da sua confiança para tomar as providências e garantir o seu direito!

O que fazer ao atrasar o aluguel?

A situação não está fácil para a maioria das pessoas, mas sugiro que você entre em contato com a administradora ou dono do imóvel para explicar a sua situação.

Assim, você tenta negociar uma nova data de pagamento do aluguel do imóvel. Com isso, evita maiores problemas, incluindo um processo judicial.

Dicas

Se o atraso aconteceu por algum problema externo, como demissão do emprego, verifique se você tem algum seguro no banco em que tem conta. Às vezes, um seguro do cartão, por exemplo, pode ter um benefício em razão dessa demissão.

Você também pode ter direito a algum benefício do governo, como o seguro desemprego. Além de tentar alguma renda extra até conseguir se estabilizar novamente.

Como ter renda extra?

Os especialistas em finanças recomendam diversas formas para você obter uma renda extra e, assim, poder colocar suas contas em dia. Por exemplo:

  1. Revenda produtos importados
  2. Monte uma loja virtual
  3. Trabalhe como freelancer pela internet
  4. Faça e venda doces
  5. Faça trabalhos de costura, bordado e crochê
  6. Venda as roupas, utensílios e outros materiais que não precisa mais
  7. Dê aulas particulares (até mesmo pela internet)
  8. Trabalhe como entregador de aplicativos de moto ou bicicleta
  9. Seja motorista de aplicativos

Existem várias outras maneiras para ter uma renda extra, mesmo que às vezes não seja uma atividade fácil ou agradável, é melhor que deixar as dívidas tomarem conta da sua vida, incluindo o aluguel atrasado.

Conteúdo original de autoria por Riane Rodrigues advogada associada no escritório Escobar Advogados desde 2019. Coordenadora do Departamento de Causas Especializadas, com foco em Direito Civil, do Consumidor e Trabalhista. Formada pela Universidade Paulista, em 2018. Pós-graduada em Direito Civil e Pós-graduanda em Processo Civil pela Escola Superior do Direito. Pós-graduanda em Direito Público pela Faculdade Legale. Formada em língua inglesa pela Skill Idiomas em 2019.



Fonte: Jornal Contábil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.