fbpx

Os 3 pilares dos investimentos

Depois de conseguir uma boa reserva financeira para emergências, o próximo passo é investir! Vem ver no post de hoje 3 pontos bem importantes que devem ser observados em um investimento!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Os 3 pilares dos investimentos


Você já se perguntou quais são os principais pontos que devem ser observados em um investimento?

Independente do perfil do investidor, é necessário se atentar a três pontos principais: rentabilidade, prazo e risco. Estes, também são conhecidos como os três pilares dos investimentos.

Começando pela rentabilidade, alguns cuidados devem ser tomados.

Altas rentabilidades podem esconder grandes riscos.

Nos investimentos em renda fixa, é necessário que o investidor se atente caso a rentabilidade contratada esteja muito superior ou inferior à média do mercado e se atentar para o tipo de rentabilidade (pré-fixada, pós-fixada ou híbrida) para ver se está alinhada com a estratégia de investimento.

Na renda variável, como não existe rentabilidade pré-definida, busca-se um prêmio de risco mais elevado. Por isso, é importante que o investidor tenha bons fundamentos para justificar a alocação nos seus ativos, obtenha uma boa diversificação em sua carteira e tenha cuidado com indicações e promessas de altos retornos.

O prazo do investimento deve estar alinhado com os objetivos de vida.

Na renda fixa, investimentos de curto prazo, apesar de não terem elevada rentabilidade, são essenciais para qualquer tipo de investidor, pois a reserva de emergência deve possuir liquidez imediata. Já os de médio e longo prazo podem fazer sentido desde que o indivíduo já tenha o colchão de segurança constituído. O mesmo vale para a renda variável, pois nela, o investidor conseguirá retornos consistentes no longo prazo.

Por fim, o risco é talvez o principal pilar a ser observado.

Dentre os diversos tipos que existem, na renda fixa deve-se atentar principalmente ao risco de crédito, que é basicamente o risco de calote da instituição financeira, ou seja, observar se a instituição possui solvência suficiente para arcar com suas obrigações.

Na renda variável, o principal risco a ser observado é o risco de mercado, onde os investimentos estão sujeitos às oscilações no preço dos ativos.

Além destes, podem ser citados o risco de liquidez, operacional, legal e o fator humano.

Portanto, o investidor deve estar atento a cada um desses pilares e observar se cada um deles está adequado aos seus objetivos de vida. Conte com um planejador financeiro e revise esses pilares em seus investimentos!

Por Pedro Francisco | Planejador Financeiro, Graduado em Ciências Contábeis e Graduando em Ciências Econômicas pela Universidade Vila Velha. Possui experiência em processos administrativos, fiscais e contábeis, além de ser um apaixonado por finanças, investimentos e empreendedorismo.



Fonte: Blog Organizze

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.