fbpx

Quando o funcionário demite a empresa 

A chamada Rescisão Indireta, que é quando o funcionário "demite" a empresa. Neste caso, não há acordo, ou seja, uma negociação entre as
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Quando o funcionário demite a empresa 


* Por Fernanda Medei

A demissão é um processo de RH que tem várias formas. Uma delas é quando acontece do empregador cometer uma falta grave, de maneira que o empregado não consiga mais exercer seu trabalho. Neste caso, acontece uma inversão da demissão por justa causa, a chamada Rescisão Indireta, que é quando o funcionário “demite” a empresa. Neste caso, não há acordo, ou seja, uma negociação entre as partes, sem que nenhum problema tenha necessariamente acontecido. 

Para que a Rescisão indireta funcione, é preciso que o funcionário tenha em mãos provas cabais de que a empresa cometeu a falta grave que o leva a fazer a solicitação, como vídeos, áudios, documentos e e-mails que comprovem que a empresa quebrou o contrato e tornou a continuidade da relação de trabalho impossível. 

A lei coloca a rescisão indireta adequada quando “se forem exigidos serviços superiores às suas forças, defesos por lei, contrários aos bons costumes, ou alheios ao contrato” e o que isso quer dizer? A empresa deu uma tarefa não condizente ao seu posto, mandou fazer alguma coisa ilegal, ou tomou alguma atitude leonina – ou seja, fez alguma coisa com você ou sua posição de trabalho só porque ela “pode”. 

As principais situações que podem levar um funcionário a entrar com pedido de rescisão indireta são: 

 – Falhas ou atrasos no pagamento de salários: o atraso no repasse de recursos não pode ser maior que 30 dias, e isso só pode acontecer em caso de comissões, percentagens ou gratificações.

 – Recolhimento irregular do FGTS: recolhimentos de valores menores que os devidos ao FGTS, ou mesmo o não recolhimento, consiste em falta grave. E neste caso, além da rescisão indireta, a empresa é obrigada a completar os valores e dar indenização de 40% sobre o valor total do FGTS.

 – Rebaixamento de função e de salário: se a empresa realocar o funcionário para um cargo mais baixo, permitindo diminuição de salário, o funcionário pode pedir a rescisão indireta. 

 – Agressões físicas e verbais

 – Exigir que o funcionário faça alguma coisa contra a lei (e ainda pode virar processo)

 – Exposição a perigos claros ou males consideráveis: mandar um funcionário escalar algum equipamento para consertar algo sem EPI e sem andaime, ou executar funilaria sem máscaras e respirador são faltas graves que cabem rescisão indireta. 

 – Assédio moral ou constrangimento: o ambiente de trabalho deve ser respeitoso e amigável. No momento em que existem pessoas que promovem bullying, comentários machistas, racistas, homofóbicos, brincadeiras não solicitadas e outras formas de constrangimento e nenhuma ação foi tomada por parte da chefia, a pessoa lesada pode entrar com seu pedido de rescisão. 

 – Exigir atividades fora do contrato: colocar uma nova obrigação que não tenha nenhuma relação com o trabalho do funcionário – como fazer um analista de marketing responsável pela manutenção dos computadores da empresa – configura uma atividade fora do contrato. 

 – Não cumprir com obrigações do contrato: aqui podem ser listados o não registro do empregado, não permitir o descanso semanal remunerado, desrespeito oa intervalo de refeição, e outras ações do tipo.

 – Desconto do vale-transporte: descontar uma porcentagem do salário para o vale-transporte é previsto em lei, mas descontar e não entregar o vale para o funcionário é passível de rescisão indireta. 

 – Falha no fornecimento de EPI: existem ocupações que demandam que a empresa ofereça equipamentos de proteção individuais. Se a empresa não o fizer, e ainda exigir que o funcionário performe, este pode entrar com a solicitação.

Essas são algumas das situações, mas em todas elas o funcionário precisa reunir provas documentais ou testemunhas, do que está acontecendo para aí sim poder entrar com o pedido de rescisão indireta. É importante ressaltar que esse pedido não é feito na empresa, é preciso procurar um advogado, de preferência especialista em causas trabalhistas, para poder entrar com a ação de rescisão contratual e protocolada. 

Na ação protocolada deve conter, a descrição das razões que levam o funcionário a pedir a rescisão indireta; uma relação de todos os pagamentos aos quais o funcionário tem direito e que estão no requerimento da ação em questão. 

Após a decisão definitiva (aquela que não cabe mais recursos jurídicos),  o ex-funcionário tem garantidos todos os seus direitos da CLT, incluindo 40% de acréscimo do total da indenização do FGTS e os documentos para entrada no seguro-desemprego.  O afastamento das atividades pode ocorrer com decisão provisória.

A Rescisão Indireta é um tipo de desligamento que foi criado para garantir aos empregados condições de trabalho dignas e aceitáveis, sendo usada apenas em casos previstos pela lei. Uma boa convivência entre empregador e empregado é plenamente possível quando ambos cumprem os seus deveres, o que acaba por mitigar um fim de contrato tão atribulado.

* Fernanda Medei é CEO da Medei.





Fonte: Startupi

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Participe da conversa...

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você é nossa prioridade.
Sempre!

Acreditamos que todos devem ser capazes de tomar decisões financeiras com confiança. Embora nosso site não apresente todas as empresas ou produtos financeiros disponíveis no mercado, estamos orgulhosos de que a orientação que oferecemos, as informações que fornecemos e as ferramentas que criamos sejam objetivas, independentes, simples – e gratuitas.

Então, como ganhamos dinheiro? Nossos parceiros nos recompensam. Isso pode influenciar os produtos sobre os quais analisamos e escrevemos (e onde esses produtos aparecem no site), mas de forma alguma afeta nossas recomendações ou conselhos, que são baseados em milhares de horas de pesquisa. Nossos parceiros não podem nos pagar para garantir análises favoráveis de seus produtos ou serviços. Aqui está uma lista de nossos parceiros.